quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Exposição


Stéphane Vigny

Tão pouco conhecido quanto surpreendente. Talvez essa seja a melhor definição para o primeiro contato do público com o universo do artista parisiense Stéphane Vigny. Aos poucos, surgirão os referenciais como a ideia de ready made como objeto de arte, introduzido por Duchamp, as interseções com a produção contemporânea brasileira e o humor bem particular do artista que abre sua primeira exposição no Brasil no dia 14 de novembro, no Museu Inimá de Paula, em Belo Horizonte.
Considerado um dos artistas mais promissores de sua geração, Vigny já exibiu seus trabalhos em galerias francesas e no renomado museu de arte contemporânea Palais de Tokyo.O curador da exposição é Júlio Martins, que apresentou a Stéphane Vigny trabalhos de brasileiros como Hélio Oiticica, Lygia Clark, Ligia Pape, Waltércio Caldas, Cao Guimarães, Cildo Meireles, José Damasceno e Iran do Espírito Santo. Nessa troca, Vigny já se apropriaria do conceito de gambiarra tão usual no contexto artístico brasileiro.

Data:
De 14/11 até 13/03

Impropriedade:
Livre

Onde:
Museu Inimá de Paula (Rua da Bahia, 1201 - Centro)

Observações:
Ingressos: R$ 5 (inteira), R$ 2,50 (estudantes e maiores de 60 anos) e gratuito (crianças menores de 10 anos)
Mais informações: 3213-4320

http://www.guiabh.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário